Minas Gerais – Trabalho conjunto recupera R$ 6,5 mi para o Estado

O Estado de Minas Gerais, por intermédio do Procurado Chefe da 2ª Procuradoria da Dívida Ativa (2ª PDA) da Advocacia-Geral do Estado (AGE), Dario de Castro Brant Moraes, obteve liminar em ação cautelar de busca e apreensão no 0026169-72.2012.8.13.0452 contra cinco empresas e quatro administradores do ramo de calçados, para apreensão de documentos e arquivos eletrônicos que auxiliassem a Secretária de Fazenda do Estado ( SEF) na apuração de impostos sonegados.

Pela liminar deferida os agentes fiscais tiveram amplo acesso as dependências das empresas, bem como as residências dos administradores das mesmas. Em razão da medida, um dos contribuintes entregou a SEF denúncia espontânea, ou seja, confessou dívida no valor de R$ 6,5 milhões.

Ação foi fruto de trabalho conjunto da 2ª PDA, da Advocacia-Regional de Divinópolis, da Secretaria da Fazenda e do Ministério Público Estadual.

viaAdvocacia Geral do Estado de Minas Gerais – AGE – Trabalho conjunto recupera R$ 6,5 mi para o Estado.

Comments are closed.