Prefeitura de Manaus concede anistia de IPTU, ISS e Alvará
10 de dezembro de 2008 00:00

Os contribuintes em débito com o fisco municipal até 30 de setembro têm até o próximo dia 22 para negociar a dívida de IPTU, ISS e Alvará com descontos que variam de 50% a 80% dos juros, multas e honorários advocatícios.
Para o pagamento à vista o contribuinte pode acessar o Portal da Prefeitura retirando a guia de pagamento. O parcelamento pode ser feito na sede do ManausFácil, na avenida Japurá ? Centro, ou no Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), no horário comercial.
O subsecretário de Fazenda Pública, Miguel Brandão, adianta que os contribuintes que negociaram suas dívidas antes do dia 25 de novembro, quando começou a vigorar a Lei da Anistia Fiscal, devem procurar a sede do ManausFácil para renegociar o débito e gozar dos direitos previstos na Lei.
O subsecretário informa que existem mais de 100 mil contribuintes com débitos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto Sobre Serviços (ISS) e Alvará, alguns já em fase de cobrança judicial. Mesmo esses podem renegociar a dívida com redução dos juros, multas e honorários advocatícios.
Miguel Brandão explica que no caso do contribuinte optar pelo pagamento à vista, o desconto será de 100% com a guia de pagamento podendo ser retirada no Portal da Prefeitura (www.manaus.am.gov.br).
O desconto será de 80% nos pagamentos parcelados entre duas e nove vezes. Fica em 70% no caso de 10 a 19 vezes. De 20 a 29 parcelas será de 60% e com a opção de 30 a 40 vezes o contribuinte pagará 50% a menos. A previsão, segundo o subsecretário, é que a Prefeitura arrecade este ano cerca de R$ 6,3 milhões com a Lei de Anistia Fiscal.
O número maior de contribuintes com débito é com o IPTU, em seguida o vem ISS e em terceiro o Alvará. O Brandão explica que o débito de Alvará é relacionado às médias e grandes empresas uma vez que os pequenos e microempresários com faturamento mensal até R$ 120 mil por ano foram isentos do pagamento da taxa em 2005 quando o prefeito Serafim Corrêa sancionou a lei que criou a Política de Modernização, Desburocratização e Redução da Carga Tributária de Manaus.
No final de 2005 foi publicada a primeira Lei de Anistia Fiscal da atual administração. Em 2006 a Prefeitura voltou a auxiliar os contribuintes municipais com débitos fiscais, medida prorrogada até junho de 2007.
A atual Lei de Anistia foi aprovada na Câmara Municipal no dia 19 de novembro e publicada no Diário Oficial do Município em 22 de novembro para valer a partir do dia 25 de novembro até 22 de dezembro.

Comentários estão fechados

Comente diretamente no seu Facebook

Outras Notícias

  • Tributária



    Parcelamento de débitos do IRPJ e da CSLL incidentes sobre os lucros no exterior

    Regulamentado o parcelamento de débitos do IRPJ e da CSLL incidentes sobre os lucros no exterior A Lei nº 12.865, publicada em 10 de outubro de 2013, instituiu parcelamento de débitos do IRPJ e da CSLL incidentes sobre os lucros auferidos por controlada ou coligada no exterior. As regras, os prazos e as condições estão regulamentados pela Portaria Conjunta da Secretaria da Receita Federal e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional nº 9, publicada no Diário Oficial de hoje. O que [...]

    Leia mais →
  • Tributária



    Itália reduz imposto de renda de 10 milhões de pessoas

    O governo da Itália aprovou nesta sexta-feira decreto reduzindo o imposto de renda de cerca de 10 milhões de italianos que ganham entre 8 mil e 26 mil euros por ano, disse o primeiro-ministro Matteo Renzi. A medida em grande parte será financiada por cortes de gastos permanentes. Renzi disse a jornalistas após reunião de gabinete que os cortes de impostos para as pessoas de baixa renda e trabalhadores independentes entrarão em vigor “nas próximas semanas e meses.” Renzi afirmou [...]

    Leia mais →
  • Tributária



    TJ isenta armas não-letais de ICMS

    Heitor Mazzoco A Prefeitura de Potirendaba conseguiu no Tribunal de Justiça (TJ) do Estado de São Paulo isenção no pagamento de Imposto pago com a compra de produtos oriundos de outras localidades (ICMS) de 11 armas não letais, conhecidas como teasers, e munições importadas dos Estados Unidos. Os produtos foram retidos em 2010 porque a prefeitura não apresentou pagamento do imposto para receber armas. O município alegou que não havia necessidade de pagamento. Depois de perder em primeira instância, a [...]

    Leia mais →
  • Legislação



    Destaques do Diário Oficial da União de 23/04/2014

    Destaques do Diário Oficial da União MINISTÉRIO DA SAÚDE Saúde incorpora ao SUS exames de imagem para detecção do câncer MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Inep prorroga prazos das etapas e atividades do Censo Escolar MFZ Prorrogado prazo de vencimento do Simples em Santa Cruz de Cabrália (BA) e no Acre MEC Cursos em faculdades no RJ, em MG e no MT têm vagas reduzidas pelo Ministério da Educação MS Aprovado protocolo de manejo clínico da infecção pelo HIV em crianças e [...]

    Leia mais →
  • Tributária



    Leis que ajudam você a pagar menos ou a não pagar imposto

    Quem nunca reclamou da pesadíssima carga tributária no País? Não é à toa. Só em 2014, os brasileiros já pagaram mais de R$ 516 bilhões em impostos, taxas e contribuições. Não há como fugir do fisco. O que pouca gente conhece, porém, são as inúmeras leis que estabelecem isenções ou descontos em tributos municipais, estaduais e federais. Em Bauru, por exemplo, está em alta o polêmico debate sobre a alíquota zero de IPTU para os beneficiários do programa habitacional “Minha [...]

    Leia mais →
  • Trab. Previdência



    Fiscalização Eletrônica FGTS

    Brasília, 22/04/2014 – O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, apresentará nessa quarta-feira (23), às 14h, o novo sistema de fiscalização eletrônica do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Com ele pretende-se atingir um maior número de empresas fiscalizadas, eliminando o tempo gasto pelos auditores-fiscais do Trabalho com deslocamento, além de reduzir o gasto com diárias e passagens, permitindo o constante monitoramento dos empregadores. As principais vantagens da nova modalidade são: dispensa de comparecimento do empregador na [...]

    Leia mais →
  • RSS
  • Facebook
  • Twitter